AGENDA NOTICIAS




SOBRE DIEGO ALVES

Consagrado no futebol europeu, Diego Alves acertou o seu retorno ao Brasil em julho de 2017 para atuar no Flamengo com contrato até dezembro de 2020.

Diego ganhou fama como pegador de pênaltis na sua passagem de dez anos pelo futebol espanhol. O jogador colecionou recordes na La Liga. Um deles é o de maior número de defesas na história da competição com 22 em 49 cobranças. O antigo detentor era Adoni Zubizarreta, que tinha defendido 16 em 102 pênaltis. O outro é o de maior defesas em uma mesma edição com 6 defesas na temporada 2016/2017.

O aproveitamento do brasileiro é assombroso: 51%. No total, nas dez temporadas, o brasileiro fez 25 defesas, uma acertou a trave e outra foi para fora em 53 cobranças. Diante de Cristiano Ronaldo, o aproveitamento é de 75%, com três defesas em quatro enfrentamentos. Além do craque português, Messi, Griezzman, Diego Costa, Mandzukic, Bacca, Rakitic e Kanouté também já sofreram nas suas mãos.

A carreira bem sucedida no futebol espanhol lhe levou até a Seleção Brasileira principal. Em 2007, esteve na pré-lista para a Copa América. No ano seguinte, ele foi convocado para quatro amistosos, os confrontos com Paraguai e Argentina pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos de Pequim, na China, onde conquistou a medalha de bronze. O jogador esteve presente também no grupo que participou da Copa América Centenário, em 2016, nos Estados Unidos.

O atleta iniciou a carreira no interior de São Paulo. No Botafogo de Ribeirão Preto, após a participação em três torneios na Alemanha, chamou a atenção do Atlético-MG. Contratado para os juniores, em 2004, acabou subindo para os profissionais no mesmo ano. Sua estreia aconteceu no Campeonato Mineiro de 2005, contra o URT, com 19 anos. A ascensão foi meteórica. Uma temporada depois, o goleiro assumiu a titularidade do Galo com a missão de ajudar a equipe na volta para a elite do Brasileirão. As boas atuações logo atraíram os clubes europeus. Na metade de 2007, o Almería, da Espanha, acertou a sua contratação.

Na temporada de estreia, Diego foi um dos principais responsáveis pelo surpreendente oitavo lugar do seu time na La Liga. Sempre sendo um dos destaques da equipe, acabou negociado com o Valencia em 2011. A mudança lhe rendeu a chance de participar das grandes competições europeias. No primeiro ano, fez a sua estreia na Liga dos Campeões, sendo titular contra Chelsea, da Inglaterra, Bayer Leverkusen, da Alemanha, e Genk, da Bélgica.

Ficha Técnica

Nome completo: Diego Alves Carreira
Data de nascimento: 24/06/1985
Natural do Rio de Janeiro (RJ)
Posição: Goleiro

Clubes

2004 | Atlético-MG
2007 | Almería (Espanha)
2011 | Valencia (Espanha)
2017 | Flamengo

Títulos

2020 | Supercopa do Brasil
2019 | Copa Libertadores da América
2019 | Campeonato Brasileiro
2019 | Campeonato Carioca
2006 | Campeonato Brasileiro - Série B
2007 | Campeonato Mineiro

Prêmios Individuais

2019 | Bola de Prata ESPN - Melhor Goleiro
2006 | Troféu Guará - Jogador Revelação do Campeonato Mineiro
2007 | Troféu Telê Santana - Melhor goleiro do ano em Minas Gerais